Vinho e poesia

Anos passados

O texto que abre o ano na Única traz uma linguagem nova por aqui: a linguagem poética.

Nossa colunista Lana Ruff estreia este espaço em que juntamos duas artes que se pertencem: o vinho e a poesia. O poema inaugural, Anos passados, fala sobre os processos e caminhos do solo ao fim da vida de um vinho, passando pela fotossíntese, formação dos frutos, engarrafamento e evolução.

E como na Única a sua participação é fundamental, os próximos temas poéticos é você quem decide. Estamos de ouvidos abertos para o seu pedido ou sugestão de um assunto que você quer ver transformado em poesia: pode ser uma uva, uma região, uma história, um lugar, uma curiosidade, um nome, uma história vivida… Mande para unica@vinhosunica.com.br um email com a sua vontade. Quem sabe ela não é escolhida pra virar poema no mês que vem?

Anos passados

  1. inverno

uma fatia de chão

um punhado de pedra ancestral

em conversa com céu

em grão, em barro ou cal

juntar-se em bandeja verde os nomes

luz

açúcar

somente onde haja também sal

passear-se em sangue branco espesso

o que tira a fome e mata a sede

erguer-se corpo castanho fértil enrolado

plantar-se em rede

crescer-se braço pra alcançar sol

pernas pra achar sombra

multiplicar-se ao vento

espiralar-se com o tempo

  1. primavera

acabarem-se as águas do frio

na última gota do primeiro pranto do ramo em poda

roda em rio 

anunciante trago:

flor

um cacho ou mil

e o calor

reluzente em lago

e o pintor pra quem é de cor

concentrarem-se os chamarizes e

aguardar-se que os dentes arrebentem cada bago

qual não seja o bago tenro 

adoçar-se com o tempo

III. verão

das mãos aos cestos

do cesto aos pés

na lida dura

liquefazer-se a obra da planta

à comedora invisível dar de comer

altiva em sua quentura

em sua longa refeição criativa

mergulhar-se a manta, o lenço

aprofundar-se com o tempo

  1. outono

deitar-se a criança no berço em sono mudo

de vidro

morrer-se como morre todo dia quem vive

o ar respirado dar matéria aos sentidos

o mesmo ar assaltar cor e corroer as vértebras

acusar decurso na ferrugem do portão aberto

proceder-se como tudo mais na outra face do vidro

ceder-se ao declive lento

avinagrar-se com o tempo

Assinatura Lana Ruff Vinhos Única

Destaques

Harmonizando vinho além da comida: quando a Syrah é em Si Menor
, ,

Harmonizando vinho além da comida: quando a Syrah é em Si Menor.

Explore combinações de diferentes estímulos, como vinho e música e amplifique sua apreciação e percepção, elevando seu prazer e entendimento.
Procura-se profissional do mundo dos vinhos
, ,

Procura-se profissional do mundo dos vinhos

Explore a jornada da transição de carreira em busca de um profissional de vinhos nesse apaixonante universo onde cada taça conta uma história.