Entrevista com Marina Giuberti Divvino Paris

Entrevista com Marina Giuberti

Brasileira que venceu o mercado francês de vinho, conta sua trajetória para a Única.

  • De qual parte do Brasil você é? E quando decidiu mudar de país pela primeira vez?
Nasci em Colatina, Espírito Santo, mas meu pai nasceu no Rio e eu fiz faculdade lá, morei dos 17 aos 26 até me mudar para a Itália!
Sempre tive vontade de morar fora. Meus pais viajavam muito e também recebiam intercambistas. Quando comecei a trabalhar sempre comprava um pouquinho de dólar, já com a intenção de uma viagem. Também fiz summer School em Dublin, com 17 anos.
  • Já trabalhava com vinhos no Brasil?

Sim. Eu fui gerente de restaurantes no Rio e nesse período eu selecionava os vinhos. Era outra época e minha expertise era um grão de areia comparada à vivência que adquiri no ramo e que continuo buscando diariamente. Amo trabalhar com vinho e compartilhar essa paixão com meus clientes e equipe.

  • Como foi a sua adaptação na França?

Foi boa. Antes de morar na França, me mudei do Rio para o Piemonte. A saudade foi maior na Itália que na França. Saí completamente da minha zona de conforto. Eu tinha muito muito pouco recurso, não passei fome, mas passei muita vontade! Valorizo muito cada viagem, restaurante, vinhos…. É um exercício não deixar que esses “privilégios” do ramo se tornem banais e para isso tenho algumas técnicas, como por exemplo declinar de muitos convites bacanas pra não enjoar.

  • Quais foram os maiores desafios para uma mulher estrangeira trabalhando com vinhos na França?

O primeiro e maior desafio foi a língua francesa e os costumes. As pessoas são mais sérias, tanto no semblante, mas também em suas ações. E o fato de ter que responder “Quem é o dono da minha loja ou meu investidor?”. Essa pergunta rola até hoje! E respondo: “ambos sou eu!”.

  • Há quanto tempo existe o Divvino Paris e qual a filosofia de trabalho da marca?

Fiz meu business plan durante a licença maternidade dos meus gêmeos, em 2012. Divvino Paris nasceu em 2013, na unidade de Charonne, Divvino Marais em 2016, divvino.com em 2020, e os apps de entrega em 2021! Nossa filosofia é “ Smile there is wine”,  “seja feliz com vinho”. Isso engloba nossa vasta seleção de mais de mil produtos, na maioria orgânicos, artesanais, naturais, algumas marcas incontornáveis, além de uma bela representação de toda a França. Mais de 10 países estão representados. Nossa acolhida é eficaz com nossas múltiplas atividades: wine bar, wine trip, wine flights, cursos de vinhos, etc

  • Você pretende abrir uma loja Divvino no Brasil?

Estou buscando um parceiro importador ou investidor para enviar uma seleção e poder usar minha expertise na seleção e no marketing, para atender meus clientes brasileiros.
Em termos de filial, se fosse abrir hoje seria sempre na França, ou franquias na Europa.

  • Como foi passar pela pandemia com a loja fechada? Assim como algumas lojas no Brasil, vocês faziam entregas nas casas dos clientes?

Não fechamos. Trabalhei durante todo período da pandemia. Vinho na França é um comércio essencial. Mácron fechou os comércios dia 16/3/2020 e nosso presidente do Sindicato escreveu pro Ministério e reabriram 24h depois.

  • Quando não está trabalhando, quais vinhos abre em casa ou com amigos e familiares? 
Abro as novidades que chegaram no Divvino, vinhos que trouxe de uma última viagem, ou garrafas prestígio para homenagear meus convidados.
  • Além da França, quais outros países e regiões você mais gosta?

Adoro a Itália. Minha região vinícola preferida é o Piemonte e a Sicília.
Também sou fascinada pela Grécia e seus vinhos brancos e sonho em conhecer o Japão. Adoro a cultura e a gastronomia

  • O que hoje você diria para a Marina de antes da entrada no mercado de vinhos?

Seja muito forte, tenha estômago de ferro, nunca deixe de fazer esporte, orar e fale menos. Confie menos nas pessoas, seja mais discreta. Lembre-se que as coisas levam tempo, mas o trabalho árduo e profissional tem suas recompensas.

Assinatura Vinhos Única Jessica Marinzeck

Destaques

Harmonizando vinho além da comida: quando a Syrah é em Si Menor
, ,

Harmonizando vinho além da comida: quando a Syrah é em Si Menor.

Explore combinações de diferentes estímulos, como vinho e música e amplifique sua apreciação e percepção, elevando seu prazer e entendimento.
Procura-se profissional do mundo dos vinhos
, ,

Procura-se profissional do mundo dos vinhos

Explore a jornada da transição de carreira em busca de um profissional de vinhos nesse apaixonante universo onde cada taça conta uma história.